Impressões e Expressões

GRAÇA

Gerando espanto, aturdido, para não dizer chocado, percebendo que de graça anula-se o mérito contemplo a GRAÇA de Deus em favor do universo em todas suas expressões, em todas minhas impressões, a favor de todos, sem medir se poderiam ou não, se conseguiriam ou não, se.....


Raros momentos os que consigo vislumbrar a amplitude dessa ação divina. Cada momento de contemplação e surge uma nova visão, amplia-se a visão anterior, desmascara-se a soberba idéia de poder. Poder fazer, poder ser, poder alcançar, poder....pelo poder.


Acachapa-me a idéia de não poder. Como posso não poder? Mas tenho que reconhecer: não posso. Se eu fosse Deus, no estado em que me reconheço por ser, acho que não teria Graça por nada nem ninguém; talvez alguns poucos, por alguns interêsses, nem sei quais, e acabaria sem graça.


GraÇa de graça parece sem graça, mas se não fosse de graça não seria GRAÇA. Não de Deus, não completa, não infinita, não tão abrangente, não tão inescrutável.....


Ainda bem que ela existe, pois meus méritos não seriam jamais suficientes.


Inverno de 2011